skip to Main Content
Por Emmy & Pauline Dala Senta contato@hartn.me

Watercolour ou Inktense — Lápis de cor aquarelável Derwent

Na hora de investir em um material artístico, surgem tantas dúvidas relacionadas a marcas e linhas de material, e, com lápis de cor não poderia ser diferente. Nesta resenha comparativa, quero ajudar vocês a escolher a melhor opção entre duas ótimas linhas de lápis aquarelável da Derwent, marca especialista nesse material e que tem disponibilizado excelentes opções ao longo dos anos.

Derwent Watercolour e Derwent Inktense, lado a lado.

A Derwent é uma marca tradicional em lápis de cor, e já conta com tantas linhas com características específicas, que fica até fácil a gente se perder com tanta opção (o que eu considero algo extremamente positivo). Até a data deste artigo, eles contam com 3 linhas de lápis de cor aquareláveis. Uma delas, é o Graphitint, que já resenhamos aqui no Hartn. E as outras duas são as que veremos abaixo, o Watercolour e o Inktense.

Anteriormente, fiz uma resenha comparativa entre quatro marcas de lápis de cor aquarelável, na qual testei o Inktense. Na época, eu não conhecia o Watercolour. Quando tomei conhecimento desta outra linha, tive muita curiosidade por entender suas diferenças — e descobri que essas são bem importantes. Vamos lá?

Watercolour, aquarela em forma de lápis

A proposta do Watercolour é um resultado sutil, com cores suaves e semelhante à aquarela tradicional. Com uma mina muito macia, é possível utilizá-lo para grandes coberturas, e também detalhes. Assim como aquarelas tradicionais, depois de seca, a pintura ainda pode ser modificada utilizando água.

Paleta de 36 cores de Derwent Watercolour, embalagem metálica.

Para a melhor comparação possível, escolhi um mesmo tema e completei dois estudos. Este primeiro, utilizando apenas o Watercolour. Combinando técnicas úmidas e secas, consegui um resultado que me agradou bastante:

Pintura em tamanho A5 utilizando somente lápis Derwent Watercolour.
Estudo de nuvens. Pintura em tamanho A5 utilizando somente lápis Derwent Watercolour. Imagem de referência: autor desconhecido.

Resumo Watercolour

  • Número total de cores: 72
  • Corpo: hexagonal
  • Aquarelável: sim
  • Mina: 3,5 mm / macia / à base de cera
  • Facilidade de mistura entre as cores: 4 de 5
  • Intensidade das cores: 2 de 5
  • Aceitação de camadas:
  • Firmeza da Ponta: 3 de 5
  • Facilidade de apagar: 3 de 5
  • Resistência à luz4 de 5 — 80% das cores
  • Disponibilidade: avulsos e e em estojos de 12, 24, 36, 48 e 72 cores

Inktense, o lápis de cor aquarelável permanente

O Inktense, em contraste com a suavidade proposta pelo Watercolour, faz jus ao seu nome, com cores realmente muito intensas e vibrantes. Suas minas possuem pigmentos de tinta em sua formulação, por isso, ao serem misturados com água, produzem cores ainda mais intensas que seus traços secos.

Ao serem completamente dissolvidos na água, uma vez secos, seus pigmentos tornam-se permanentes. Então, podem ser trabalhadas novas camadas de aguada por cima, sem que a primeira parte da pintura seja alterada. Outro diferencial do Inktense é sua possibilidade de ser utilizado em tecidos. Confesso que ainda não fiz esse teste, mas, acredito que merece um artigo totalmente dedicado ao assunto, que tal?

A mina é firme e cremosa, o que pode deixar a textura do papel bastante evidente na pintura. Devido a sua textura de mina, aceita muitas camadas em técnica seca, algumas mais que o Watercolour. Porém, é difícil manter a ponta fina para pintar detalhes. Por esse motivo, todas as paletas Inktense a partir das 24 cores acompanham um outliner (delineador), um lápis grafite permanente mina dura, que pode ser utilizado tanto para traçar antes de aquarelar, quanto para refinar detalhes ao final da pintura.

No meu estudo de nuvens utilizando apenas Inktense, tive algumas surpresas. Uma delas foi uma transformação de cores fantástica, que não era exatamente o resultado esperado, mas até que acabou ficando bonito. Isso reforça um apontamento importante que sempre fazemos por aqui sobre materiais coloridos: uma tabela de cores é fundamental. Com ela, podemos planejar e obter um resultado preciso, sem surpresas.

Duas etapas da pintura com Inktense. Técnica seca e aguada, respectivamente.
Duas etapas da pintura com Inktense. Primeiro, aplicados os traços em técnica seca. Depois, a aguada que transformou o azul “quase preto” em um azul escuro vibrante.

O resultado desse estudo ficou realmente longe do meu objetivo, que era algo mais realista e bem menos colorido. Acredito que isso deixa evidente que a proposta de cores vibrantes está cumprida. E que para um projeto importante, a tabela de cores é fundamental — como de costume, ao final do post deixarei link para download.

Estudo de nuvens utilizando somente Derwent Inktense.
Estudo de nuvens utilizando somente Derwent Inktense. Imagem de referência: Lightning Storm by Diogo Gualter.

Resumo Inktense

  • Número total de cores: 71 (+ delineador)
  • Corpo: redondo
  • Aquarelável: sim, permanente após secar
  • Mina: 4 mm / firme / à base de cera
  • Facilidade de mistura entre as cores: 3 de 5
  • Intensidade das cores:
  • Aceitação de camadas:
  • Firmeza da Ponta:
  • Facilidade de apagar: 0 de 5
  • Resistência à luz4 de 5 — 87% das cores
  • Disponibilidade: avulsos e e em estojos de 12, 24, 36, 48 e 72 cores

Inktense vs Watercolour

A seguir, vamos comparar ambos nas principais formas de aplicação. Assim, ficará claro qual deles é o ideal para seu gosto e estilo de trabalho.

Watercolour e Inktense em técnica seca.
Traços Watercolour e Inktense, utilizando pressão alta e média.

Para o teste, tentei utilizar cores semelhantes de ambas as linhas. Acima, foram aplicados traços com pressão de média a alta, para testar a cor “máxima” de cada linha em no máximo duas camadas. Abaixo, são os mesmos traços com a aplicação da aguada. Note como o Watercolour reage de forma mais previsível, enquanto o Inktense se transforma em um pigmento intenso, vibrante e até em maior quantidade do que parecia ter sido aplicada.

Watercolour e Inktense, aguada.
Aplicação de água nos traços da imagem anterior. Note como, apesar de mesma pressão ter sido aplicada nos traços, o pigmento do Inktense se torna muito mais intenso, enquanto o Watercolour não apresenta tanta alteração.

Abaixo, um experimento com traços e tentativa de dissolvê-los completamente. Ambos reagem de forma semelhante, mas o Inktense precisou de menos trabalho com o pincel para que o traço se dissolvesse dessa forma.

Traços em Watercolour e Inktense, parcialmente dissolvidos com água.
Traços em Watercolour e Inktense, parcialmente dissolvidos com água. O Inktense é sutilmente mais fácil de dissolver uma vez aplicado em traços secos no papel.

 Tabela de Cores para Download

Como de costume, montei uma tabela de cores em A4, com todas as cores de ambas as linhas. Você pode baixar e completar a sua com as cores que tiver. Como sempre recomendo, comece com uma paleta menor e complete suas cores com lápis avulsos conforme a necessidade e seu estilo de pintura.


Onde Comprar

Deixamos aqui, como de costume, links das nossas lojas parceiras para você adquirir seus Watercolour ou Inktense:


Então, gostou do artigo? Deixe abaixo seus comentários, dúvidas e sugestões, e ficaremos muito felizes em responder. Lembre-se de seguir o Hartn no Instagram.

Até breve, 🦉

Fontes para esse artigo: Derwent do Brasil

Emmy Dala Senta

Ilustradora ✨ que deveria estar vivendo na Terra Média 🦉

Subscribe
Notificar-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Back To Top
Search
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x